Notícias

13º Consinpro debate rumos da educação no Brasil

consinpro web 6
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

Professores de escolas particulares de todo o estado participaram, nessa sexta e sábado, do 13º Congresso do Sinpro Minas (Consinpro), cujo tema foi “Educação para a soberania: desafios e perspectivas”. Realizado em Lagoa Santa, na região metropolitana de Belo Horizonte, o congresso reuniu pesquisadores e especialistas para discutir assuntos relativos ao cotidiano da carreira docente, como a educação a distância, a Base Nacional Comum Curricular (BNCC), a educação inclusiva e as recentes alterações no mundo do trabalho, decorrentes da reforma trabalhista e da terceirização.

Valéria Morato, presidenta do Sinpro Minas

Valéria Morato, presidenta do Sinpro Minas

Durante o evento, os professores também debateram ações para enfrentar as diversas tentativas de precarizar as condições de trabalho e vida da categoria. Na abertura, a presidenta da Sinpro Minas, Valéria Morato, agradeceu a presença de todos e manifestou preocupação com o cenário político atual. “Agradeço a presença de cada uma e de cada um de vocês. Essa atitude, por si só, já demonstra a nossa preocupação com o momento atual, de ataque aos nossos direitos, por parte de um governo que prioriza o capital financeiro ao capital humano. E também demonstra nossa responsabilidade no enfrentamento dessa realidade, para restaurar não só a democracia, mas nossos direitos e políticas sociais que atendam a maioria do povo brasileiro. Estar aqui hoje representa uma vitória. É uma demonstação da nossa força, da nossa garra, da nossa disposição para prosseguir lutando”, ressaltou a presidenta.

consinpro web

Na palestra de abertura, o sociólogo Emir Sader abordou os desafios para a construção de uma educação que seja transformadora e promova o pensamento crítico e a diminuição das desigualdades sociais. Ele destacou que o país vive um momento decisivo, de escolha entre dois projetos opostos de nação: um que busca a inclusão, a distribuição das riquezas e a preservação de direitos sociais, e outro que privilegia a elite econômica e marginaliza diversos setores da sociedade.

Tais projetos, avalia Emir Sader, trarão impactos distintos para a educação e as condições de trabalho e vida dos professores. “A educação boa é aquela que gera consciência, que combate a alienação, que possibilita a emancipação. Acho que esse é o papel da educação. Gerar soberania é gerar pessoas capazes de serem soberanas. Este congresso tem um papel importante por tematizar isso em um momento decisivo para o Brasil. Estamos às vésperas de uma decisão importante que vai decidir também o futuro da educação do nosso país”, ressaltou o sociólogo.

Neste sábado (29/9), o programa de TV do Sinpro Minas, o Extra-Classe, vai exibir a cobertura dos principais debates que foram feitos no 13º Consinpro. Não perca! Devido ao horário eleitoral, o programa está sendo exibido em novo horário: aos sábados, às 19 horas, com reprise na quarta-feira, às 5 horas.

consinpro web 5

consinpro web3

consinpro web1

consinpro web 10

consinpro web 9

consinpro web 8

consinpro web2

Comentários (1)

  1. Esse Congresso, foi muito importante para min. Tive pela 1º vez a oportunidade de ouvir pessoas tão gabaritadas no assunto sobre Educação. Recomendo a todos, e se possível quero participar novamente.

Deixe um comentário