Notícias

Centrais convocam trabalhadores para Maio de Lutas

lutar-sempre-ctb-frente
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

As centrais sindicais brasileiras (CTB, CUT, UGT, Nova Central, Força Sindical, Intersindical, CGTB, CSP-Conlutas) se reuniram na tarde desta segunda-feira (08/05) para organizar a agenda de lutas para ocupar o Congresso Nacional contra as reformas do governo ilegítimo de Michel Temer.

De acordo com Adilson Araújo, presidente da CTB, “o corpo a corpo junto aos parlamentares, somado com a ampla agenda entre os dias 15 e 19 de maio, será fundamental para pressionar ainda mais os parlamentares a votarem contra a PEC 287, que acaba com a Previdência Social pública”.

O dirigente também sinalizou que a Central está empenhada em mobilizar toda a sua base para a grande marcha unitária das centrais que ocorrerá em Brasília, no dia 24 de maio. “O dia 28 de abril já entrou para história e o maio de lutas será construído com ainda mais energia. A marcha do dia 24 será mais um marco nesta intensa luta em defesa dos direitos”, afirmou Adilson. E completou: “A luta em Brasília será decisiva, seja pela ameaça de votação na Câmara da PEC 287, que pode ir à plenário ainda em maio, seja pela tramitação da Reforma Trabalhista que está no Senado e que já sinaliza calendário até o segundo semestre legislativo. De modo que uma nova greve geral não está descartada, pelo contrário. Resistir a todo custo contra os ataques aos direitos sociais e trabalhistas é e será nossa palavra de ordem”.

MAIO DE LUTAS

17 de maio – Quarta-feira

#OcupeBrasília, lideranças das centrais sindicais visitam parlamentares e líderes partidários no Congresso – Vigília, no Anexo 2 da Câmara dos Deputados, às 10h – TENDA DA RESISTÊNCIA.

24 de maio – Quarta-feira

MARCHA NACIONAL DIA 24 DE MAIO contra o desmonte da Previdência e em defesa dos direitos da classe trabalhadora.

Fonte: Portal CTB

Comentários (0)

Deixe um comentário