Notícias

Ato nacional protesta contra precariedade nas escolas da Rede Metodista

Dia nacional do basta
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

Estudantes, pais, docentes e sindicatos de professores e de auxiliares de administração escolar de várias partes do país farão um ato virtual, nesta terça-feira (22/9), contra as escolas da “Rede Metodista” de ensino.

Chamado de “Dia nacional do basta!”, o protesto será realizado a partir das 19 horas, pelas redes sociais e pela plataforma digital Zoom (clique aqui para acessar o endereço). O objetivo é chamar a atenção da sociedade para os constantes descumprimentos de direitos trabalhistas por parte das escolas do grupo em todo o país, que ocorrem há anos.

Entre as irregularidades estão o atraso no pagamento de salários, do 13º e das férias, a ausência de depósito do FGTS, a não quitação de verbas rescisórias, o desrespeito a decisões da Justiça e a acordos assinados, o assédio moral, entre outras.

Por diversas vezes, os professores, os auxiliares de administração escolar e as entidades sindicais apresentaram propostas para solucionar as pendências, mas as direções dessas escolas não têm assumido o compromisso de regularizá-las.

Um quadro que se arrasta há anos e tem gerado insatisfação entre os docentes e demais trabalhadores, com reflexos negativos para a qualidade da educação.

Aqui em Minas, essa é a situação por exemplo no Instituto Metodista Izabela Hendrix, onde os professores estão em greve.

“Estamos vivendo as consequências da escolha da direção da ‘Rede Metodista’, preocupada muito mais com a lógica mercantil do que em reafirmar a qualidade de ensino”, denunciam as entidades sindicais, entre elas o Sinpro Minas, em nota de divulgação para o ato.

“A precariedade e o desrespeito nas condições de ensino, de trabalho acadêmico e administrativo e, consequentemente, de vida, produzem vulnerabilidades, adoecimento físico e mental e um sofrimento intenso que atinge diretamente as famílias, além de trazer insegurança a toda comunidade escolar. Por isso dizemos basta e chamamos todos e todas para esse dia nacional, pois resistiremos!”, convocam as entidades.


Ato virtual – Dia nacional do basta! Participem!
Em defesa da vida, da dignidade e dos direitos dos professores e funcionários da “Rede Metodista”

Data: 22/9 – terça-feira | a partir das 19 horas

Local: Zoom (clique aqui para acessar o endereço) e redes sociais dos sindicatos

Entidades participantes
Confederação Nacional dos Trabalhadores em Educação (CONTEE)
Sindicato dos Professores do ABC
Sindicato dos Professores de Campinas e Região
Sindicato dos Professores de Juiz de Fora
Sindicato dos Professores de Minas Gerais
Sindicato dos Professores do Pará
Sindicato dos Professores do Rio de Janeiro
Sindicato dos Professores do Rio Grande do Sul
Sindicato dos Professores Santos e Região
Sindicato dos Professores de Sorocaba
Sindicato dos Auxiliares de Administração Escolar do ABC
Sindicato de Auxiliares de Administração Escolar de Minas Gerais
Sindicato dos Trabalhadores de Administração Escolar do Rio Grande do Sul

Comentários (1)

  1. De longe.. este é o lugar mais precário e mais explorador que já trabalhei. Além da exploração através da falta de salários, precarização de infraestrutura e desrespeito com todos funcionários, exceto com o próprio reitor e diretor financeiro, existe uma força ideológica interna operando com muita forla. De tal modo, que os professores com medo de perder emprego, já naturalizaram os atrasos, faltos de pagamentos, recolhimento de fgts, etc. A reitoria tenta normalizar e ocultar toda exploração metodista sobre os trabalhadores. É fundamental expor e dar visibilidade para esta luta.

Deixe um comentário