Notícias

Ato público contra demissões na Fumec

Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

O Sinpro Minas, a  Federação Nacional dos Jornalistas (FENAJ) e o Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG)  realizam protestos contra as demissões em massa na Fumec.

O ato público acontece no dia 14/12 às 17h. Às 15h30 está prevista uma concentração na Praça da Liberdade, onde o grupo de teatro universitário “Facamolada” apresentará um esquete sobre a crise na instituição. Em seguida, haverá uma passeata até a sede do SJPMG (Av. Álvares Cabral, 400 – Centro) onde será realizado o ato público.

Contrariando o histórico de 42 anos da instituição que, por ser uma fundação, sempre se pautou pela transparência e diálogo entre todos os membros da comunidade acadêmica, os últimos acontecimentos reforçam que aqueles que assumiram os destinos da universidade, ao invés de corrigirem os erros das administrações passadas, vêm tomando atitudes e medidas arbitrárias, agindo como se dela fossem donos e a Fumec fosse uma empresa privada.

É importante destacar que, por ser uma fundação, a Fumec deve explicações à sociedade. A instituição goza de privilégios e incentivos fiscais para ter como finalidade fundamental zelar pela qualidade da educação e pelo compromisso com a cultura. Importante também é lembrar que há duas auditorias – do superfaturamento de obras e dos serviços de publicidade envolvidos com o “Valerioduto” – cujos resultados finais não foram divulgados, além de irregularidades constatadas na cobrança de mensalidades atrasadas.

EDUCAÇÃO NÃO É MERCADORIAVENHA DEFENDER A QUALIDADE DO ENSINO

Comentários (0)

Deixe um comentário