Notícias

CCT Sudeste: Sinpro Minas recusa proposta de parcelamento do INPC

!cid_DAC6D15F-5771-46D5-B826-790A79ECCA0E
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

Em reunião de negociação da Convenção Coletiva de Trabalho dos professores da região Sudeste, ocorrida entre o Sinepe-Sudeste e o Sinpro Minas, na terça-feira, 25 de abril de 2017, o sindicato patronal manteve a proposta de dividir o índice de reajuste pelo INPC (5,44%) em duas parcelas, sendo 4% retroativo a fevereiro, a ser aplicado no salário de maio e, 1,38% não retroativo, com pagamento em julho de 2017.

A diretoria do Sinpro Minas recusou a proposta, uma vez que considerou a prejudicial à categoria. O Sindicato reforçou os itens que constam na pauta de reivindicações da Campanha Reivindicatória, entregue ao patronal. O Sinpro também argumentou que as escolas têm condições de conceder o reajuste integral e até mesmo aumento real se for considerado o reajuste aplicado nas mensalidades escolares para 2017.

Comentários (0)

Deixe um comentário