Notícias

Em ação do Sinpro, Justiça determina reintegração de professores da Estácio

estácio
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

JUSTIÇA DETERMINA REINTEGRAÇÃO IMEDIATA DOS PROFESSORES DA UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ

Após a Sessão de Dissídios Individuais do Tribunal Regional do Trabalho de Minas Gerais ter confirmado liminar deferida ao Sinpro-MG, determinando a reintegração de todos os professores demitidos no final do ano de 2017, da Universidade Estácio de Sá (com a caracterização de dispensa em massa), a MMª Juíza da 46ª Vara do Trabalho de Belo Horizonte, Dra. Jane Dias do Amaral não acatou o pedido da Estácio, e reafirmou a obrigatoriedade de se reintegrar imediatamente os professores. A instituição tentou não cumprir a decisão alegando, dentre outros argumentos, que “não pode alterar seu corpo docente no decorrer do semestre letivo”.

Comentários (0)

Deixe um comentário