Situação grave: Nova assembleia de professores do Izabela no dia 8/8 | SINPRO MG | Sindicato dos Professores do Estado de Minas Gerais representa os docentes do setor privado de ensino e conta hoje com uma base de cerca de 80 mil professores.

Notícias

Situação grave: Nova assembleia de professores do Izabela no dia 8/8

mobilizacao
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

Os professores e professoras do Centro Universitário Izabela Hendrix decidiram continuar em estado de greve para protestar contra os constantes atrasos de pagamento de salários. Nesta quarta-feira, 8/8, realizarão uma nova assembleia, às 18 horas, na Praça Mendes Júnior, em frente à Casa Fiat de Cultura, junto à Praça da Liberdade, para definir os rumos do movimento.

Os professores reiteram o compromisso ético com a educação, confiantes no respeito institucional à condição de trabalhadores e educadores que são. “Antes de tudo estamos engajados na luta pela qualidade da formação de nossos estudantes, mas não podemos suportar o peso que nos está sendo imposto unilateralmente pela Rede Metodista”, afirmam os professores e professoras em carta dirigida à reitoria  do Centro Universitário.

Assembleia de Professores/as do Izabela Hendrix

Terça-feira, 8/8, às 18h

Pauta: deliberações sobre os atrasos de salários

Local: Pça. Mendes Júnior, em frente à Casa Fiat de Cultura, junto à Pça da Liberdade.

Nossos direitos, nossa luta!

Comentários (3)

  1. O Instituto Metodista Izabela Hendrix já foi uma instituição séria. Hoje prevalece a falta de respeito com professores, alunos e funcionários acadêmicos, além da precariedade no ensino. Infelizmente não é possível indicar esse centro universitário para nenhum aluno! O sistema de ensino está horrível. Com professores e funcionários altamente desmotivados com a nova direção realmente fica difícil.

  2. Professores/as, precisamos de TODOS/AS vocês PRESENTES na assembleia. Nossa união depende do envolvimento conjunto ao sindicato para que possamos nos fortalecer nessa batalha.

  3. Precisamos de união. Esta reitoria está acabando com o projeto pedagógico e com a missão institucional. Não há diálogo, não há consulta, não há debate acadêmico, apenas eventos vazios pautados no ego e no umbigo da chefia. Esta reitoria está afastando os alunos. Fora Reitor! Volta Reitora!!! Paguem nossos salários, as multas e nossos 3 anos de FGTS atrasados!!!

Deixe um comentário