Notícias

FEAD demite professores que participaram de greve

lapis-quebrado
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

Cinco professores da FEAD foram demitidos pela instituição de ensino, em Belo Horizonte. Os docentes alegam que o motivo das dispensas foi a participação no movimento grevista que ocorreu em outubro deste ano.

Além das demissões, os professores denunciam a falta de pagamento dos salários de outubro e novembro e também do 13º. De acordo com os docentes, a instituição alega que ainda não recebeu a verba referente ao FIES, contudo, os professores ressaltam que a FEAD não tem condições de reclamar o recebimento do FIES por não estar em dia com o FGTS dos funcionários, entre outros tributos.

A diretoria do Sinpro Minas esclarece que está à disposição dos professores e vai acompanhar todo o processo de negociação com a FEAD, com o objetivo de garantir os direitos da categoria.

Haverá assembleia no dia 2 de fevereiro, às 14 horas, na sede do Sinpro Minas (rua Jaime Gomes, 198, Floresta), para discutir sobre os acontecimentos na instituição de ensino.

Comentários (0)

Deixe um comentário