Notícias

Ganhadores do Nobel: Cortes na Ciência ameaçam o futuro do Brasil

capacienciatecnologia-990x600
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

Em carta enviada a Michel Temer, na sexta-feira (29), por 23 ganhadores do Prêmio Nobel, entre os quais o físico francês Claude Cohen-Tannoudji, repudiaram os cortes orçamentários em Ciência e Tecnologia apontando que a agenda de desmonte “comprometem seriamente o futuro do Brasil” e precisam ser revistos “antes que seja tarde demais”.

“Sabemos que a situação econômica do Brasil é muito difícil, mas urgimos o senhor a reconsiderar sua decisão antes que seja tarde demais”, diz a carta.

O documento se refere ao corte de 44% no Orçamento deste ano do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), e o novo corte programado para 2018 que deverá ser da ordem de 15%, caso o orçamento seja aprovado pelo Congresso.

“Isso danificará o Brasil por muitos anos, com o desmantelamento de grupos de pesquisa internacionalmente reconhecidos e uma fuga de cérebros que afetará os melhores jovens cientistas”, enfatiza o documento.

“A situação é trágica, não há outra palavra para descrevê-la”, disse o pesquisador David Gross, da Universidade da Califórnia em Santa Bárbara, em entrevista ao jornal Estado de S. Paulo. Ele foi o vencedor do Nobel de Física em 2004.

Para David, muitos jovens pesquisadores brasileiros vão desistir da carreira científica ou migrar para outros países, mais favoráveis à ciência.

Fonte: Portal Vermelho

Comentários (0)

Deixe um comentário