Notícias

Movimento Negro Unificado denuncia crime de racismo na Band

negro
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

O jornalista Eduardo Oinegue da TV Bandeirantes acaba de proferir, no Jornal da Bandeirantes, uma desqualificação do jogo de Búzios.

Dando exemplo que um juiz estava julgando segundo jogo de Búzios e não da Constituição. Repetiu pelo menos 3 vezes. Temos que exigir a retratação da TV Bandeirantes. Sr. Eduardo precisa saber que o jogo de búzios é um diagnóstico físico espiritual que exige uma qualificação de anos de aprendizagem, faz parte de uma tradição de matriz africana de 6000 anos.

Não admitimos que um jornalista promova preconceitos que sustentam o racismo religioso. A sua análise no Jornal da Band às 13 h do dia 5/08/2019 vai carregada de preconceito com as religiões de matriz africana uma vez que ridiculariza a prática e análise do ” jogo de Búzios” como primitivismo e brincadeira sem fundamentos científicos e culturais.

O que a própria ciência já reconheceu a complexidade estatística e diagnóstica desta prática. Então, consideramos que o jornalista não informou e sim divulgou uma análise sustentada pela simbologias do etnocentrismo , do desrespeito aos povos de terreiro.

Consideramos, segundo a lei, que isto é um crime de racismo ao ser divulgado no veículo de comunicação de massa.

E, portanto, exigimos a retratação e punição.

Ângela Gomes – Coordenação Nacional de Formação Política do Movimento Negro Unificado.

Comentários (0)

Deixe um comentário