Notícias

Plebiscito Popular: 99,4% da população votou pela redução das tarifas de energia em Minas

Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

Em três semanas, mais de 600 mil mineiros participaram da votação realizada em todo o Estado; resultados serão entregues aos representantes do Governo de Minas e da Cemig  Mais de 600 mil mineiros votaram pela redução da tarifa de energia e do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços cobrado na conta de luz em Minas Gerais. O Plebiscito Popular foi realizado entre os dias 19 de outubro e 3 de novembro e, conforme o resultado da apuração, divulgado nesta segunda-feira (16), 99,4% dos participantes acham o valor praticado no Estado muito alto e concordam que ele deve ser reduzido. “O resultado do Plebiscito foi excelente e de uma amplitude enorme, não só em relação aos valores numéricos, mas também pela possibilidade de dialogar com a sociedade sobre o valor do ICMS cobrado e da tarifa de energia elétrica em Minas e as mortes de trabalhadores na Cemig. Ou seja, ampliamos o debate sobre como o modelo de gestão adotado pelo Estado, e completamente baseado no privado, tem prejudicado os trabalhadores e piorado a qualidade dos serviços”, comemorou o diretor do Sindicato dos Eletricitários de Minas Gerais (Sindieletro-MG), Jair Gomes. No início de 2014, os cerca de 5 mil representantes de movimentos sociais e sindicais que fazem parte da organização do Plebiscito vão preparar um ato de entrega do resultado do Plebiscito Popular para candidatos ao governo de Minas e para as autoridades do Estado, entre elas o governador Antonio Anastasia, e gestores da Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig) e da Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). “A expectativa é isso ecoe na Assembleia Legislativa e algum deputado apresente um projeto de redução do ICMS, afinal Minas tem uma das mais altas tarifas de ICMS do país”, completou Jair. Além disso, audiências públicas serão realizadas em todo o Estado para ampliar ainda mais o debate sobre a redução do ICMS sobre a conta de luz e também da tarifa residencial de energia.  Plebiscito sobre a Reforma Política Para o ano de 2014, está sendo organizado um novo plebiscito “por uma Constituinte Exclusiva e Soberana do Sistema Político”. No entanto, a votação acontecerá em âmbito nacional e a organização em Minas aproveitará a mesma estrutura e apoio obtidos na realização da votação do Plebiscito Popular.

Fonte: Portal Minas Livre

 

Comentários (0)

Deixe um comentário