Notícias

Professores do Colégio Cnec em Varginha e Pouso Alegre fazem assembleia

assembleia
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

Professores do Colégio Cnec em Varginha e em Pouso Alegre fizeram assembleias nessa segunda-feira (29/7), para discutir os atrasos no pagamento de salários que têm ocorrido na instituição de ensino, além de outras irregularidades trabalhistas, como a falta de depósito do FGTS.

Nas assembleias, realizadas em ambas as cidades, os docentes criticaram a postura desrespeitosa da instituição de ensino. Eles destacaram que, embora se dediquem de forma exemplar às atividades profissionais, a instituição de ensino não demonstra nenhum esforço para solucionar as pendências.

Os professores do Colégio Cnec em Varginha também criticaram o fato de que a instituição de ensino tem descontado da remuneração os valores dos planos de saúde e odontológico, mas tem feito com atraso o repasse às empresas prestadoras de serviço. Com isso, os usuários ficam impedidos de usá-los em situações emergenciais.

Nas duas cidades, os docentes decidiram que farão uma nova assembleia, com indicativo de greve, imediatamente posterior ao primeiro dia de reincidência de atraso dos salários.

Também foi decidido que o Sinpro Minas entrará com uma ação na Justiça do Trabalho contra a instituição de ensino para cobrar a resolução das irregularidades.

Na avaliação do Sinpro Minas, a categoria mostrou-se unida e firme para defender seus direitos.

Comentários (0)

Deixe um comentário