Notícias

Professores do Izabela deliberam por greve. Nova assembleia em 12/11.

greve
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

Em Assembleia realizada no dia 8/11 às 18h, os professores do Instituto Metodista Izabela Hendrix debateram muito a situação do NÃO pagamento de salários e a falta de retorno da instituição sobre o assunto.

Os professores, presentes na assembleia, deliberaram sobre o início do movimento GREVISTA a partir de segunda feira, 12/11.

Foi deliberado ainda, que caso a instituição não assuma o compromisso de apresentar o calendário de pagamento dos salários de outubro, novembro e dezembro e ainda 13° e férias até segunda feira dia 12/11, outras medidas serão tomadas.

Nova assembleia será realizada no dia 12/11 as 18h no auditório da AFFEMG – Rua Sergipe, 893.

Participe!

Comentários (5)

  1. Docente deprimido. estamos diariamente na luta com vcs. Em todas assembleias, nos embates judiciais. E estamos à disposição aqui na sede do Sinpro também. Participem das assembleias, procurem-nos. Hoje tem assembleia. Assembleia do corpo docente do Isabela Hendrix Data: 14 de novembro, quarta-feira Horário: às 17 horas, em primeira convocação e às 17:30, em segunda convocação. Local: AFFEMG – Rua Sergipe, 893 – Savassi – sala de reuniões no 11º andar

  2. SINPRO, nos ajude! Estamos sem FGTS, sofrendo com atrasos e retaliações. Estamos sufocadas(os), sem voz. A instituição precisa se manifestar formalmente. Estamos inseguras(os), com depressão e muito medo.

  3. Paguem o FGTS atrasado! Estamos sendo humilhados covardemente.

  4. Mais um mês em salário. Mais um mês com infraestrutura precária. Mais um mês sem notícia. Mais um mês meia dúzia de docentes pagos para dizer que estão pagando "gradativamente". Reitor, mostre a cara! Permita os professores reunirem dentro da instituição com o Sindicato. Ouça os professores, ouça os alunos, ouça os funcionários administrativos!!! Queremos respeito!!!

  5. Todo o mês a mesma coisa. Não há informe, não há notícia. A reitoria não sabe dizer quando vai pagar, talvez até o dia 25 (o novo quinto dia útil), não dialoga, não se apresenta. E o 13º? Férias? Ano passado atrasou quase 3 meses. E o FGTS? 3 anos sem recolhimento. E se alguém adoecer? Quiser comprar sua casa? Como faz? Circula a informação que a dívida do FGTS prescreve com 5 anos. SINPRO, por favor nos ajude também nessa questão. Precisamos que cobrem nossos direitos da IES. Estamos sendo coagidos.

Deixe um comentário