Notícias

Sinpro Minas lança a 12ª edição da revista Elas por Elas

Homenageadas com a Medalha Clara Ketkin
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

O Sinpro Minas lançou, nessa sexta-feira (6/3), em evento em sua sede, em Belo Horizonte, a 12ª edição da revista Elas por Elas, publicação anual de gênero da entidade.

Durante a cerimônia de lançamento, 14 mulheres receberam a Comenda Clara Zetkin, criada em 2012 pelo sindicato para homenagear mulheres que contribuem para dar visibilidade, mobilizar e fortalecer a luta pelos direitos das mulheres.

Clara Zetkin nasceu na Alemanha, em 1857, e dedicou sua vida à luta pela igualdade de oportunidades para as mulheres. Era professora, sindicalista e militante política.

Na abertura do evento, a presidenta do Sinpro Minas, Valéria Morato, falou sobre a importância da publicação, diante de um cenário de ataques ao sindicalismo por parte do governo Bolsonaro. “É uma grande alegria poder compartilhar com vocês esta noite. É uma alegria porque, apesar do ataque do atual governo ao movimento sindical, para desmontar as entidades representativas e que organizam os trabalhadores e as trabalhadoras, hoje estamos concretizando a continuidade de um projeto que teve início há 13 anos”, afirmou a presidenta, destacando a necessidade de a sociedade avançar nas políticas públicas de gênero.

“As desigualdades de gênero são um obstáculo ao desenvolvimento sustentável, e não vamos nos furtar da luta para avançar decisivamente em direção a estilos de desenvolvimento que contemplem a igualdade de gênero e a autonomia das mulheres, bem como a garantia dos direitos de todas as pessoas, sem exceção”.

Ao mencionar as homenageadas, a presidenta do Sinpro Minas criticou os retrocessos do governo atual em diversas setores, que atingem principalmente as mulheres. “Vocês estão aqui porque sabemos que as áreas em que cada uma atua estão hoje sob ataque constante. O jornalismo, a cultura, a educação, a saúde, o movimento sindical, a religiosidade, o movimento social só sobreviverão a esse governo neofascista porque poderão contar com a força e a coragem de cada uma que está aqui hoje. Obrigada!”, ressaltou.

Uma das homenageadas, a indígena e professora Célia Xacriabá agradeceu a medalha Clara Zetkin e ressaltou a luta histórica das mulheres. “Toda vez que estou num lugar eu lembro da presença ancestral. Porque na verdade nós recebemos essa medalha, mas é na verdade em nome de milhares de ancestrais, milhares de mulheres negras, mulheres indígenas, mulheres brancas, mulheres de luta que a colonização não conseguiu matar, que a mineração não conseguiu enterrar, e que o fogo que continua queimando o cerrado, que continua queimando a Amazônia, não conseguiu queimar nossos corpos e a nossa espiritualidade”, afirmou Célia Xacriabá.

Elas por Elas

A revista Elas por Elas foi criada em 2007, pela diretoria do Sinpro Minas, com o objetivo de refletir sobre a importância da igualdade de gênero a partir de um viés educativo, progressista e classista. A publicação já recebeu diversos prêmios nacionais de jornalismo e se tornou um importante instrumento de divulgação das lutas feministas.

Nesta edição, a reportagem de capa destaca a luta histórica das mulheres indígenas, organizadas em defesa da floresta e da vida. Há também reportagens sobre o debate de gênero nas escolas, a Marcha das Margaridas, os desafios das pesquisadoras brasileiras, o impacto dos crimes da mineração na vida de mulheres que moram em regiões atingidas, a presença delas na música e na capoeira, entre outras.

Clique aqui e confira a 12ª edição da revista Elas por Elas.

Confira abaixo as fotos do evento. 

Mestra de capoeira Alcione Oliveira

Mestra de capoeira Alcione Oliveira

Homenageada Manu Ranilla

Homenageada Manu Ranilla

Intervenção cultural das "Pandeirista"

Intervenção cultural das “Pandeirista”

Intervenção cultural das "Pandeirista"

Intervenção cultural das “Pandeirista”

Intervenção cultural das "Pandeirista"

Intervenção cultural das “Pandeirista”

Homenageada Célia Xacriabá

Homenageada Célia Xacriabá

Homenageada Célia Xacriabá

Homenageada Célia Xacriabá

Homenageada Célia Xacriabá

Homenageada Célia Xacriabá

Homenageadas Célia Xacriabá e Maria Aparecida Baião

Homenageadas Célia Xacriabá e Maria Aparecida Baião

Homenageada Vilma Fazito recita cordel contra violência de gênero

Homenageada Vilma Fazito recita cordel contra violência de gênero

Homenageada Wania Guimarães Rabêllo

Lavínia Rosa Rodrigues, representante do conselheiro editoral da Revista Elas por Elas, Valéria Morato, presidenta do Sinpro Minas e a homenageada Wania Guimarães Rabêllo

Homenageada Vilma Fazito

Homenageada Vilma Fazito

Homenageada Miryan Salum da Luz

Homenageada Miryan Salum da Luz

Homenageada Marileide Lopes

Homenageada Marileide Lopes

Homenageada Maria das Dores Luz

Homenageada Maria das Dores Luz

Homenageada Maria Aparecida Baião

Homenageada Maria Aparecida Baião

Homenageada Karla de Souza Torres

Homenageada Karla de Souza Torres

Homenageada Élen de Fátima Marinho

Homenageada Élen de Fátima Marinho

Homenageada Edneia Aparecida de Souza

Homenageada Edneia Aparecida de Souza

Homenageada Célia Xacriabá

Homenageada Célia Xacriabá

Homenageada Cássia Cristina da Silva (Makota Kidoiale)

Homenageada Cássia Cristina da Silva (Makota Kidoiale)

Homenageada Alessandra Cézar Mello

Homenageada Alessandra Cézar Mello

Homenageada Alcione Oliveira

Homenageada Alcione Oliveira

Homenageada Alcione Oliveira

Homenageada Alcione Oliveira

Nanci Alves e Carina Aparecida, editoras da Revista Elas por Elas

Nanci Alves e Carina Aparecida, editoras da Revista Elas por Elas

Valéria Morato, presidenta do Sinpro Minas

Valéria Morato, presidenta do Sinpro Minas

Comentários (1)

  1. Parabéns ao Sinpro Minas bela belíssima iniciativa. Tenho certeza de que a Revista Elas por Elas será uma importante ferramenta de valorização das mulheres como profissionais e cidadãs, a cada dia atuando de forma mais forte na economia e na cultura deste país. Parabéns especial à brilhante (e merecidamente premiada) jornalista Nanci Alves por esse trabalho.

Deixe um comentário