Notícias

Sinpro Minas reafirma compromisso com a democracia na FUVS

nota-de-repudio_
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

O Sinpro Minas vem a público manifestar-se sobre os fatos que envolvem a Fundação de Ensino Superior do Vale do Sapucaí (FUVS), em Pouso Alegre (MG).

A comunidade pouso alegrense tem se tornado vítima da disputa envolvendo a direção da Fundação, sobre a legalidade de seus representantes, o que torna inseguro o ambiente escolar, a partir do medo instaurado entre os profissionais da educação, famílias e alunos.

O Sinpro Minas mais uma vez reafirma seu compromisso com a manutenção da democracia em todos os âmbitos e apoia a participação dos membros da instituição e da sociedade – anteriormente prevista, dada a relevância da Fundação para toda a cidade e região – na escolha de seu corpo diretivo.

Repudiamos toda e qualquer manipulação de informações com o objetivo de beneficiar determinados grupos, sejam eles quais forem.

Também repudiamos a suspensão de aulas, pela direção, sob a alegação de “questões extra-acadêmicas”, dando assim um caráter de estado de greve sem a realização de assembleia com os docentes.

É importante destacar que assembleia não é retirada de professores e alunos da sala de aula para “comunicado oficial” no auditório ou recebimento de e-mail de resolução, nutrindo na comunidade escolar uma grande insegurança, postura essa que caminha na contramão da “serenidade necessária aos envolvidos” para solução do caso, conforme menciona o próprio comunicado.

Mais uma vez, o Sinpro Minas está e sempre estará ao lado dos professores, prestando todo apoio necessário. Luta e sempre lutará na defesa da democracia no país e assim repudia quaisquer ações, de quaisquer grupos, que tenham o propósito de manutenção de poder e disseminação do medo.

#EducaçãoNãoéMercadoria!

Comentários (0)

Deixe um comentário