Notícias

Sinpro Minas recebe quatro prêmios de jornalismo

jornalismo
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

O Sinpro Minas esteve em destaque na 11ª edição do Prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público, organizado pelo Sindicato dos Jornalistas Profissionais de Minas Gerais (SJPMG). A cerimônia de premiação ocorreu nessa sexta-feira (24/5), na Casa do Jornalista, em Belo Horizonte.

O Sindicato dos Professores ganhou quatro premiações. Na categoria TV, o Extra-Classe conquistou o 1º e o 3º lugares, com os programas sobre a intervenção militar no Rio de Janeiro e os 30 anos do Sistema Único de Saúde (SUS) (clique aqui e aqui para assistir aos dois programas acerca do SUS).

Há dez anos no ar, o Extra-Classe já recebeu oito prêmios de jornalismo.

Na categoria Assessoria de Imprensa, as reportagens Golpe misógino – Retirada de direitos e políticas retrógradas aumentam a desigualdade de gênero, feita pela jornalista Nanci Alves, e A solidão sentida na pele: afetividade e relacionamentos interraciais na pauta no feminismo negro, da jornalista Débora Junqueira, conquistaram o 1º e o 2º lugares, respectivamente.

Ambas as reportagens foram veiculadas na revista Elas por Elas, publicação de gênero do Sinpro Minas (clique aqui para acessá-la).

“É com muita alegria que recebemos estes prêmios. Como todos sabemos, no jornalismo, todo trabalho é coletivo. Por isso, agradeço a cada um desta equipe e a todos do Sinpro Minas por permanecerem firmes na luta e por manterem, mesmo com todos os ataques ao movimento sindical, estes espaços de comunicação onde podemos expressar as inquietações, os sonhos e demarcar nossa posição de defesa dos direitos dos trabalhadores e do povo brasileiro”, destacou a jornalista Nanci Alves.

Para o diretor do Sinpro Minas Aerton Silva, os prêmios são um reconhecimento do trabalho que o sindicato desenvolve na área da comunicação. “A diretoria do Sinpro Minas parte do princípio de que é fundamental dialogar não somente com a categoria, mas com toda a classe trabalhadora, com toda a sociedade. E esse diálogo torna-se ainda mais importante no momento em que estamos vivendo, de fortes ataques aos direitos sociais, aos trabalhadores, à educação, aos professores, à aposentadoria. Por isso, essa premiação fortalece a nossa luta em defesa de uma sociedade mais justa, por meio de uma comunicação que mostre outras visões sobre a nossa realidade”, ressaltou Aerton Silva.

Délio Rocha
Promovido desde 2007, o prêmio Délio Rocha de Jornalismo de Interesse Público visa estimular, divulgar e prestigiar os trabalhos de interesse público produzidos pelos jornalistas mineiros. Nessa última edição, foram centenas de trabalhos inscritos em seis categorias (impresso e internet, televisão, rádio, estudante, assessoria de imprensa e fotografia).

Comentários (0)

Deixe um comentário