Notícias

Sinpro Minas repudia demissões da Rede Doctum 

repudio_capa
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

A demissão de um número significativo de professoras e professores tem sido a resposta da Rede Doctum em meio a uma realidade que já coloca tantos desafios para a Educação e para a classe trabalhadora.

Além das demissões na unidade de Teófilo Otoni, nesta semana também foram demitidos/as professores/as em João Monlevade. De acordo com relato de professores/as demitidos/as, o departamento de Recursos Humanos da Rede Doctum chegou a assediar esses/as trabalhadores/as para que eles/as fizessem a homologação na própria instituição, sem passar pelo Sindicato. Segundo eles, devido ao cenário da pandemia, o acompanhamento do Sinpro Minas iria retardar o processo, podendo causar, inclusive, o atraso dos pagamentos.

Essa posição revela o quanto o contexto da pandemia tem sido justificativa para atropelar direitos duramente conquistados. O Sinpro Minas ressalta a importância de todas as homologações serem feitas via Sindicato, já que tomaremos todas as medidas jurídicas possíveis para que nenhum direito seja ameaçado. Toda a estrutura para que esse processo seja feito de forma virtual e segura já está sendo preparada e o Sinpro segue atento a todas adaptações necessárias para seguir cumprindo seu papel.

O Sindicato se solidariza e se coloca à disposição dos/as professores/as neste momento difícil. Infelizmente, essas demissões não são isoladas e também é uma realidade em muitas outras instituições do setor privado de ensino. O contexto da pandemia tem colocado em evidência a lógica mercadológica. São tempos de desafios, mas seguimos firmes na construção de uma Educação que passe pela valorização docente e humana.

Comentários (0)

Deixe um comentário