Notícias

Sinpro Minas repudia postura machista de deputado mineiro

notaderepudio
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

O Sinpro Minas repudia, de forma veemente, a postura machista e desrespeitosa do deputado estadual Coronel Sandro (PSL), em sessão legislativa nessa quinta-feira (21/2).

Durante reunião da Comissão de Educação, Ciência e Tecnologia da Assembleia Legislativa de Minas Gerais (ALMG), o parlamentar chegou a dizer para a deputada Beatriz Cerqueira (PT) ficar “caladinha” enquanto ele estivesse falando.

Trata-se de uma postura que, além de externar a visão patriarcal do parlamentar, configura um claro gesto de desrespeito não somente à deputada, mas a todas as mulheres.

É inadmissível que um parlamentar, em qualquer esfera legislativa, dirija-se às mulheres dessa maneira. Uma atitude sexista, truculenta, incompatível com o decoro parlamentar, que agride todas as brasileiras e que deve ser repudiada por todos aqueles que desejam uma sociedade igualitária.

Dessa forma, o Sinpro Minas reitera o seu repúdio à postura do parlamentar e se solidariza com a deputada Beatriz Cerqueira, que preside a Comissão de Educação da Assembleia.

A diretoria do sindicato também espera que a Casa tome as devidas providências, no sentido de adotar as medidas necessárias para que a prática não seja normalizada e não prospere no ambiente, onde a conduta individual dos representantes eleitos pela sociedade deve ser exemplar.

Comentários (0)

Deixe um comentário