Notícias

Varginha discute o tema da violência contra a Mulher

FOTO VARGINHA 1 (1)
Enviar por e-mail
Imprimir página Imprimir agora
Tamanho das letras A+ A-

O Brasil é um dos países mais violentos do mundo para as mulheres. Um estudo divulgado pelo Escritório das Nações Unidas para Crime e Drogas revela que, no país, a taxa de homicídios femininos é de quatro mulheres mortas para cada grupo de 100 mil mulheres, ou seja, 74% superior à média mundial que é de 2,3 mortes para cada 100 mil mulheres.

Para debater essa triste realidade, foi realizado na última semana, na cidade de Varginha, região Sul de Minas Gerais, o Seminário de Prevenção à Violência Doméstica, que reuniu especialistas, professores, estudantes e movimentos sociais. A Central dos Trabalhadores e Trabalhadoras do Brasil no Estado (CTB/MG) foi representada pela professora Mônica Cardoso que também integra o Conselho Municipal dos Direitos das Mulheres, em Varginha, pelo Sindicato dos Professores (Sinpro Minas) e a CTB Minas. Mônica destacou o trabalho da Rede de Enfrentamento Contra a Violência de Gênero de Varginha e propôs ao Coletivo Feminismo Popular de Varginha aderir à rede. A proposta foi aprovada pelos participantes durante do seminário, onde foi apresentado também um projeto da Polícia Militar (PM) que oferece assistência às vítimas e orienta os agressores.

FOTO VARGINHA 4 (1)

Fonte: Imprensa/Sindicato

Fotos: CTB-MG

Comentários (0)

Deixe um comentário