Rádio Sinpro Minas

Escute a rádio Sinpro Minas - AO VIVO
vietnã

Cidadãs do Mundo: a indústria da prostituição na guerra

A antropóloga Verónique Durand finaliza o tema sobre a a violência contra a mulher no Camboja,  falando sobre a indústria da prostituição e do turismo sexual em todo o sudeste da  Ásia. Ela nos faz uma resgate da história, a partir da I Guerra Mundial, ressaltando a prostituição como estratégia econômica e forma de atender  aos militares da ocupação do  exército americano. Tudo isso explica a razão do Camboja ser, hoje, o destino dos pedófilos, turistas  sexuais procurando crianças.  O mercado do sexo  mudou sua forma, mas continua na exploração das crianças e mulheres.  Entre 20 e 35% das  prostitutas são meninas com menos de 17 anos.  Existe um tráfico de seres humanos,  principalmente de crianças, em toda a região do sudeste da Ásia.

Comentários (0)

Deixe um comentário