Rádio Sinpro Minas

Escute a rádio Sinpro Minas - AO VIVO
pixação

Controvérsia: fúria punitiva

O Brasil precisa repensar as formas de punição para determinados crimes. Em alguns casos, há um exagero  na punição e o mais importante não é feito. Tudo é tratado de forma superficial. Sobre este tema, o professor de Direito Constitucional, José Luiz Quadros de Magalhães, faz uma importante reflexão. Ele cita o caso de uma pessoa que foi condenada a 8 anos de prisão por uma pixação,  que foi desfeita em poucas horas com bucha e sabão. Ele acredita que, principalmente nos grandes centros urbanos, é preciso que busquemos respostas para perguntas fundamentais como, por exemplo, "o que levam as pessoas  praticarem determinados atos?" Com pesquisa e respostas talvez tenhamos o caminho para mudar a realidade no lugar de disseminarmos ódio e aprovarmos punições exageradas, destruindo a vida das pessoas.

Comentários (0)

Deixe um comentário